A Pretinha do Congo, a Ciranda e a educação na Mata Norte

Como alguns já vinham dizendo à boca pequena, esse modelo, que tanto tem feito a alegria dos produtores e consumidores, começa a apresentar claramente seus rachões. Foi comunicado que uma empresa que exige conhecimentos maiores que apertar parafusos decidiu não se estabelecer em Goiana acusando a ausência de mão de obra especializada. E empresa está lembrando que sem uma política educacional séria não há como integrar-se moderno universo... Leia mais

Maracutaias não são maracatus

O mês de julho é de muitas chuvas. Em meu tempo de menino nós usávamos galochas e, agora neste ano estou assistindo um julho que parece um chato de galocha. Bem, arriscando ser um chato, com ou sem galochas, vou conversar um pouco sobre política, ou o seu execesso. Esta semana a França lembra a Revolução de 1789. Começamos, os brasileiros, o mês com uma boas alegria. Tudo parecia que a presidente Dilminuída iria crescer um pouco ao mandar... Leia mais