13 de outubro de 1307: Os Cavaleiros Templários são acusados de heresia

 

Que História é Essa

Hoje na História

13 de outubro de 1307:

Os Cavaleiros Templários são acusados de heresia

Paulo Conti

Aluno do 4º período de História

Severino Vicente da Silva

 

                        A Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão ou, simplesmente, Ordem dos Cavaleiros Templários foi criada em 1118. Era um seguimento religioso e militar, criada por Hugo de Payens, fidalgo francês, que se organizou junto a outros nove cavaleiros para proteger os peregrinos que iam para a Terra Santa, ou seja, os lugares onde Jesus vivera, e de lá voltavam. A Ordem foi idealizada de acordo com as propostas de Urbano II, o papa que conclamara a Cruzada, que tinha a pretensão de ocupar Jerusalém, então sob controle de mulçumanos e judeus.

Queima dos Templários

Queima dos Templários

                        Além da proteção física dos peregrinos, os Cavaleiros Templários também recebiam sob sua guarda os depósitos necessários para o longo caminho, bem como bens de reis o que acabou os tornando uma espécie de banco de nobres e reis. Na Inglaterra, cobravam e administravam certos impostos, fazendo diversas transações. O mesmo ocorria em outras regiões da Europa. Com o crescimento do poder monetário do grupo, o poder político igualmente cresceu. Os primeiros tempos da Ordem dos Templários havia certa dependência em relação aos bispos, mas com esse crescimento ficava mais interessante para os Papas manterem os Cavaleiros sob sua proteção. Assim, respondiam ao papado.

                        No final do século XIII a riqueza dos Templários chama atenção ao rei de França, Felipe IV, o Belo. O monarca francês estava extremamente endividado junto a Ordem e, pretendia tomar as riquezas que os Cavaleiros foram acumulando. Antes das intervenções de Filipe IV já havia lutas entre credores e devedores dos Templários. Para assegurar seus interesses, o rei fez um pacto com o cavaleiro Bertrand de Gouth, e usou a sua influência como rei de França para elegê-lo Papa. Eleito Papa, Bertrand de Gouth tomou o nome de Clemente V para que fosse retirada a excomunhão de sua família, definida por Bento XI. Em seguida Filipe IV, usou o seu poder e acusou os Templários de heresia, homossexualidade, feitiçaria, sendo muitos condenados pela Santa Inquisição controlada pelo rei francês. Clemente V extinguiu a Ordem baseada em confissões tomadas sob tortura. Jacques de Molay, último Grão Mestre da Ordem foi morto em 1314.  Uma lenda diz que o grão-mestre, enquanto queimava na fogueira, teria dito que os responsáveis pela sua morte ficariam frente a frente com ele ainda no mesmo ano. E, tanto Filipe IV como Clemente V morreram em 1314. Anos depois foram descobertos documentos que afirmam que o papa se convencera da inocência dos Templários, o que foi reconhecido em 2007 por autoridades vaticanas.

A coroa francesa apoderou-se do tesouro que os Templários guardavam na França. Em Portugal, a Ordem de Cristo recebeu os espólios dos Templários, que possivelmente foram utilizados para financiar as Grandes Navegações que trouxeram os portugueses para o Brasil, uma vez que o Infante Dom Henrique era Pior da Ordem de Cristo que tem como símbolo a Cruz de Malta, o mesmo símbolo dos Templários.

Símbolo dos Templários

Símbolo dos Templários

Texto lido no programa QUE HISTÓRIA É  ESSA? do dia 13 de outubro de 2010.
 Date Posted: 12 out 2010 @ 08 27 PM
Last Modified: 12 out 2010 @ 08 30 PM
Posted By: Biu Vicente
EmailPermalink
 

Responses to this post » (None)

 

Sorry, but comments are closed. Check out another post and speak up!

 Comment Meta:
RSS Feed for comments
\/ More Options ...
Change Theme...
  • Users » 1
  • Posts/Pages » 179
  • Comments » 2,366
Change Theme...
  • VoidVoid « Default
  • LifeLife
  • EarthEarth
  • WindWind
  • WaterWater
  • FireFire
  • LightLight

02 de dezembro de 1870



    No Child Pages.