28 de abril de 1969 – Charles De Gaulle deixa a presidência da França

 

                                            HOJE NA HISTÓRIA:

                                         

Charles De Gaulle

Charles De Gaulle

28 de abril de 1969: 

Charles De Gaulle deixa a presidência da França um ano após o maio de 1968.

                                                                                              Aline De Biase

                                                                                    aluna do 5º período de História, bolsista ProExt.

 

  Nascido em Lille, em 22 de novembro de 1890, de família paterna aristocrática enquanto sua mãe vinha de família de ricos empresários, Charles De Gaulle recebeu uma educação conservadora na qual o catolicismo, o patriotismo, a erudição eram os principais valores, aliados à admiração do Antigo Regime. Militar por vocação, participou da Primeira Guerra Mundial e ao lutar contra a dominação nazista na França, De Gaulle iniciou a construção da ideologia conservadora e nacionalista, denominada como gaullismo, que até hoje influencia a vida política francesa.

  Após ganhar prestígio militar, na Primeira Guerra Mundial, De Gaulle ingressou na escola de Saint Cyr para ensinar suas teorias militares e debater acerca da mecanização do exército. Quando se iniciou os combates da Segunda Guerra Mundial, em 1940, o coronel De Gaulle recebeu um cargo no Ministério da Defesa no qual se manteve até a invasão alemã.

  No período da Ocupação Alemã na França, por não aceitar o governo fantoche do Marechal Pétain e sua política colaboracionista,  De Gaulle refugiou-se na Inglaterra, de onde liderou as forças militares da Resistência Francesa, ou seja, o movimento formado por franceses que não aceitavam a submissão do Estado Francês ao poder nazista. A Resistência Francesa foi constituída por diversos setores da sociedade unidos contra o inimigo alemão. Existiram vários núcleos, vários partidários, e entre eles vamos destacar o historiador Marc Bloch que morreu assassinado por nazistas em um campo de concentração.

  Ao sair da França ocupada pelos nazista, De Gaulle passou a liderar o governo FRANÇA LIVRE, desde Londres e, ao conseguir libertar as colônias francesas da África, cresceu a sua área de influência. Com a Libertação da França em 1944, o general tornou-se primeiro-ministro do Governo Provisório. Durante esse período, De Gaulle estabeleceu um governo de unidade nacional que atendesse às expectativas de todos, incluindo os comunistas, nacionalizando empresas e garantindo o direito de voto às mulheres.

  Em 1946, De Gaulle renunciou ao governo, devido a conflitos políticos que não beneficiavam sua ideologia. Em 1958, durante a crise na Argélia, a Assembléia Francesa escolheu De Gaulle como primeiro-ministro, cargo de onde liderou a redação da Constituição da Quinta República. A quinta e atual Constituição francesa foi instaurada em 1946, substituindo assim o governo parlamentarista por um sistema semi-presidencialista. Durante esse governo  De Gaulle ocorreu o processo de emancipação das colônias francesas, controlou a inflação e estimulaou o crescimento industrial.

A ideologia do “gaullismo” predominava considerando a autonomia francesa em relação a qualquer nação do mundo. Em desacordo com a política internacional de blocos, o presidente pretendeu converter a França numa grande potência, que não dependeria de qualquer país ou organização estrangeira para sua sobrevivência, dotada de um exército com armas nucleares. Reeleito em 1965 teve que confrontar-se com os estudantes em Maio de 1968 – movimento de trabalhadores e estudantes franceses que criticavam o conservadorismo do governo e que contribuiu para a mudança nas relações entre raças, sexos e gerações na França, e no restante da Europa. A violência com que o governo combateu o movimento, fez cair o prestígio de De Gaulle.

Em 1969, ao perder um referendo que negou a aprovação de suas reformas, De Gaulle renunciou. Um ano depois, Charles De Gaulle, morreu aos 80 anos, entretanto a sua ideologia de governo – o gaullismo – influencia até hoje a política francesa.

 

Texto produzido  para o programa QUE HISTÓRIA É ESSA, Rádio Universitária AM 820 kh, do dia 28 de abril de 2010.

 Date Posted: 28 abr 2010 @ 05 48 AM
Last Modified: 28 abr 2010 @ 05 48 AM
Posted By: Biu Vicente
EmailPermalink
 

Responses to this post » (None)

 

Sorry, but comments are closed. Check out another post and speak up!

 Comment Meta:
RSS Feed for comments
\/ More Options ...
Change Theme...
  • Users » 1
  • Posts/Pages » 179
  • Comments » 2,366
Change Theme...
  • VoidVoid « Default
  • LifeLife
  • EarthEarth
  • WindWind
  • WaterWater
  • FireFire
  • LightLight

02 de dezembro de 1870



    No Child Pages.