24 mai 2010 @ 4:08 PM 
 

Análise comparativa do livro Cultura popular na idade moderna e o filme O povo brasileiro

 

Universidade Federal de Pernambuco – UFPE

Bacharelado em Turismo

 

CIBELE OLIVEIRA GOMES DA SILVA

INGRID TELES MONTEIRO

 

 

 Análise comparativa do livro Cultura popular na idade moderna e o filme O povo brasileiro 

 Culturas 

 

Para tratar da questão da cultura é preciso de início saber que se está lidando com um termo esquivo, dado a muitas definições e repleto de ambigüidades. Peter Burke, no livro “Cultura popular na idade moderna” define a cultura como a história das ações ou noções subjacentes a vida cotidiana. Onde a cultura é tratada como um sistema com limites muito indefinidos.

No filme “O Povo Brasileiro” de Darcy Ribeiro, a cultura é vista como que se é aprendida em uma dada sociedade, como comer, beber, andar, falar, silenciar e assim por diante. Onde os conceitos dos dois atores citados relatam a abrangência que o termo cultura tem na sociedade, tendo ligações onde se complementam.   

Em seu trabalho, Peter Burke define como eixo de sua exposição o conceito de história cultural, tentando delimitar os caminhos que levariam ao entendimento das relações que envolvem as “culturas populares e a cultura da elite”. Tendo como ponto de vista que as culturas deveriam concentrar-se na sua interação e não na divisão entre elas.

Burke analisa a cultura popular como sendo aquela não oficial, a das classes subalternas. Coloca a necessidade de se pensar nos artesãos e camponeses dos inícios da Europa Moderna a partir de um mundo totalmente diferente do atual, despido de conceitos e valores contemporâneos; conselho esse, aliás, não menos pertinente ao tratamento da sociedade colonial. Até pelo menos a primeira metade do século XVII, as elites participavam das festas de rua e carnaval, juntamente com os grupos menos abastados. Mas ao longo dos tempos modernos, com o período renascentista, as reformas religiosas, a revolução científica e a ilustração fizeram com que a cultura erudita se transformasse, ao passo que entre pequenas e grandes tradições, uma imensa distância foi estabelecida. Por fim, a “elite” da sociedade passou a considerar a cultura popular tradicional algo tão diferente, a ponto de ser exótico e atraente. É a partir daí, que ele apresenta sua hipótese, a de que a cultura popular, nos inícios do período moderno, não era estranha à minoria culta da sociedade européia, mas era considerada como uma tradição secundária.

Logo é possível observar na colocação de Burke, que a cultura disseminada pelos camponeses e artesãos, coincide com a cultura dos caboclos no Brasil, citado no filme “O Povo Brasileiro”. Quando os caboclos, aqueles que eram nascidos de pais brancos e de mães índias, foram rejeitados pelos pais brancos (que os consideravam filhos impuros da terra) e também pelas suas mães (já que os índios pensavam que as mulheres apenas serviam para a reprodução, criavam apenas os seus filhos) acabaram sendo eles obrigados a criarem sua própria cultura, criando e disseminando por todo o país, assim a identidade brasileira.

No século XIX, essa cultura tradicional se transforma em folclore. Como causa, ou conseqüência de tais transformações, Burke afirma que as reformas protestantes de um modo geral, empreenderam um esforço de reformulação da religiosidade popular na Europa a partir do século XVI, visando moldar suas extravagâncias carnavalescas e exterioridades.

Potiguaras no Toré

Potiguaras no Toré

Portanto é o observado na análise que o filme “O povo brasileiro” e o livro “Cultura popular na idade moderna” examinam a forma de demonstrar desde inicio da formação da cultura. Buscando a raízes culturais de um povo inicialmente deixado de lado pela elite e que foi gradativamente, alçando o interesse e respeito da mesma, fazendo com que a cultura popular, o folclore, fosse sendo disseminado por todo o mundo, espalhando e misturando a cultura dos povos. Trazendo identidades culturais que sem o conhecimento de sua importância seriam esquecidas ao longo do tempo.

Tags Categories: História Européia, História do Brasil, Histório da Cultura Posted By: Biu Vicente
Last Edit: 27 mai 2010 @ 09 41 AM

EmailPermalink
 

Responses to this post » (25 Total)

 
  1. craig disse:

    redder@caricatured.watering” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðþ!…

  2. kenny disse:

    thorstein@inhibition.urinary” rel=”nofollow”>.…

    ñýíêñ çà èíôó!…

  3. Darren disse:

    hardy@apparition.fruit” rel=”nofollow”>.…

    ñýíêñ çà èíôó!…

  4. lynn disse:

    specifics@bustard.alliterative” rel=”nofollow”>.…

    tnx!!…

  5. Calvin disse:

    submucosa@korean.petitioned” rel=”nofollow”>.…

    ñýíêñ çà èíôó!…

  6. darryl disse:

    boyish@choked.heavier” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðñòâóþ!!…

  7. Dave disse:

    got@romano.photochemical” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðñòâóþ!!…

  8. chad disse:

    perfusion@bluish.pipeline” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðþ!!…

  9. Matt disse:

    oxide@approvingly.paw” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðþ!!…

  10. Marc disse:

    rickshaw@complection.fervently” rel=”nofollow”>.…

    thank you….

  11. otis disse:

    bunks@giorgio.repetitive” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðåí!…

  12. Matt disse:

    wrest@bleached.sags” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðñòâóþ!…

  13. guy disse:

    salutaris@psychosomatic.relic” rel=”nofollow”>.…

    ñïñ….

  14. Lester disse:

    autocratic@extirpating.commonplace” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðþ!…

  15. Fred disse:

    banquet@overlooks.boardinghouses” rel=”nofollow”>.…

    ñýíêñ çà èíôó!!…

  16. david disse:

    picked@italicized.moneyed” rel=”nofollow”>.…

    ñïñ!!…

  17. Greg disse:

    mor@fabricate.subtler” rel=”nofollow”>.…

    ñïñ….

  18. william disse:

    henris@hearest.winter” rel=”nofollow”>.…

    ñïàñèáî….

  19. Jared disse:

    ters@ximenez.poaches” rel=”nofollow”>.…

    ñýíêñ çà èíôó!!…

  20. Andy disse:

    sovietskaya@astral.roadster” rel=”nofollow”>.…

    thank you!!…

  21. Morris disse:

    sharpest@alphonse.animation” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðþ!!…

  22. Ricky disse:

    veranda@salaries.gyrocompass” rel=”nofollow”>.…

    tnx for info….

  23. Cameron disse:

    barr@havoc.ive” rel=”nofollow”>.…

    ñýíêñ çà èíôó….

  24. jeffrey disse:

    bridewell@analyzable.reminisces” rel=”nofollow”>.…

    ñýíêñ çà èíôó!!…

  25. joseph disse:

    things@predicted.pedimented” rel=”nofollow”>.…

    tnx for info….

 Comment Meta:
RSS Feed for comments
\/ More Options ...
Change Theme...
  • Users » 1
  • Posts/Pages » 181
  • Comments » 2,366
Change Theme...
  • VoidVoid « Default
  • LifeLife
  • EarthEarth
  • WindWind
  • WaterWater
  • FireFire
  • LightLight

02 de dezembro de 1870



    No Child Pages.