Diversidade

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

CURSO DE TURISMO E HOTELARIA

PRIMEIRO PERÍODO

 

Aluno: Marcos Tavares de Melo Júnior

Data: 19/05/2010

História da cultura

Professor: Severino Vicente da Silva

 

Diversidade

 

Cultura é tudo aquilo que pode ser ensinado e conseqüentemente aprendido, tornando-se característico de um povo ou nação. Antigamente, quando estava se descobrindo novos povos (séc. XV) se tinha uma noção muito restrita de cultura, que englobava apenas artes, literatura e música; hoje em dia se tem uma noção muito mais ampla que se refere a quase tudo que pode ser aprendido em uma dada sociedade – como beber, comer, andar, falar e assim por diante.

Sábado de carnaval no Recife
Sábado de carnaval no Recife

Na sociedade moderna um indivíduo é totalmente dependente um do outro, sempre há alguma atividade que a pessoa desconhece e que o torna necessitado de viver em sociedade para suprir aquela falta; já o índio, como foi visto no documentário sobre a obra de Darcy Ribeiro, tem uma cultura totalmente diferente, ele é auto-suficiente, um índio consegue viver sozinho sem o resto da tribo, pois sabe executar todas as atividades necessárias à sua sobrevivência isoladamente.

Um problema constante é em definir o que é popular, pois o termo cultura popular dá uma falsa impressão de homogeneidade da cultura do povo, e seria melhor usá-lo no plural, ou usar o termo cultura das massas populares, que se referem às classes menos favorecidas, pois geralmente são maioria.

No século XV a cultura da elite e a cultura do povo eram muito mais relacionadas, pois os mais esclarecidos tinham contato com a camada popular, impondo seus costumes, mas com o tempo essas pessoas foram sendo excluídas e marginalizadas, indo morar ao redor dos centros, o que criou a noção de centro e periferia, que segundo Peter Burke é mais aconselhável do que elite e povo.

Há um conceito muito preconceituoso e errado em relação a chamar algumas pessoas por serem menos esclarecidas e requintadas de “sem cultura”. Não há povo sem cultura, e sim pessoas de culturas diferentes, ou mais ou menos originais, pois a cultura deriva do contato daquele povo com outros mais antigos, ou de sua própria geração. Muitos povos assimilam mais os costumes de outros povos, como os Hebreus que foram muito explorados no contato com diversos povos nações, mas, como os outros, criaram sua própria cultura.

 

Curupira
Curupira

A diversidade de culturas é o que torna cada povo fascinante, nenhuma cultura é igual a outra; o que dizer dos povos muçulmanos, em que as mulheres não têm direitos ou direitos diferentes daqueles nós utilizamos; ou em relação à cultura dos asiáticos que em alguns lugares se alimentam de cachorro: o que pode ser considerado absurdo pra uns, pra outros é perfeitamente normal. O Brasil apesar de ter muitos problemas, me orgulha em participar dessa cultura fascinante, uma nação democrática, mulheres livres, e povo hospitaleiro.

 

BURKE, Peter. Cultura Popular na Idade Moderna. 2. Edição. São Paulo: Companhia das letras, 1995.

DOCUMENTÀRIO. O Povo Brasileiro, baseado na obra homônima de Darcy Ribeiro

24 thoughts on “Diversidade

  1. Pingback: Herman
  2. Pingback: nick
  3. Pingback: Kenneth
  4. Pingback: chris
  5. Pingback: Angel
  6. Pingback: Oscar
  7. Pingback: Steve
  8. Pingback: Harold
  9. Pingback: Milton
  10. Pingback: edward
  11. Pingback: carlos
  12. Pingback: johnny
  13. Pingback: orlando
  14. Pingback: terry
  15. Pingback: otis
  16. Pingback: ken
  17. Pingback: Mathew
  18. Pingback: Virgil
  19. Pingback: Daryl
  20. Pingback: mario
  21. Pingback: Julian
  22. Pingback: Wallace
  23. Pingback: willard
  24. Pingback: Juan

Comments are closed.