24 mai 2010 @ 11:46 AM 
 

Resumo comparativo sobre: Cultura popular na idade moderna de Peter Burke e Documentário sobre a obra de Darcy Ribeiro.

 

Universidade Federal de Permanbuco

 

Resumo comparativo sobre: A cultura popular na idade moderna de Peter Burke e documentário indígena por Darcy Riberiro.

Trabalho da aluna, Paula Carolina da Silva

apresentado ao professor Severino Vicente,

disciplina História da cultura,

primeiro período do curso de turismo

Recife-Pe

Maio- 2010

 

Resumo comparativo sobre: Cultura popular na idade moderna de Peter Burke e Documentário sobre a obra de Darcy Ribeiro.

 

Quando a cultura popular parecia estar desaparecendo na Europa surgiu um interesse de intelectuais por esse tema, a diversidade de crenças e práticas em diferentes partes do mundo se mostrava cada vez mais fascinante. Foi-nos ensinado que a poesia é um patrimônio comum da humanidade e não uma propriedade particular desta forma tornando-a de autoria coletiva como tudo na sociedade indígena, porém Percy não achava que as manifestações tivessem relação com o povo, pois eram compostas por menestréis.

Cravo, instrumento musical , sec XVII

Cravo, instrumento musical , sec XVII

Além da canção popular, outras formas de literatura passaram a ser entendidas como elegantes, e também eram transmitidas oralmente. Logo surgiu a peça popular que incluía teatro de bonecos, e começaram a ser descobertas festas populares que também contavam com a participação dos nobres. Essas festas também estão nas raízes dos índios que celebram a vida e a morte. Todo esse conhecimento levou á pesquisa histórica e livros sobre esportes, passatempos, feriados e cerimônias; ocorreu a descoberta da música do povo e de suas melodias. Essa descoberta da cultura popular teve grande impacto nas artes.

As ilustrações marcantes em relação ao povo talvez venham dos viajantes que saiam em busca de novidades  e viram que o povo era natural, simples, enraizados na tradição e sem nenhuma individualidade, como os indígenas.

A descoberta da cultura popular fazia parte de um movimento antigo onde a cultura das cortes não estava tão distante do popular, mas eram todos igualados, e este movimento estava intimamente ligado á ascensão do nacionalismo; eram tentativas organizadas da sociedade de reviver sua cultura. A busca pela cultura popular trouxe um forte sentimento de nacionalismo e, como a tradição indígena, pode ficar arraigado na sociedade de diversas formas, a idéia de nação foi imposta ao povo que tinham uma consciência mais regional que nacional. Depois a cultura popular foi sendo minada pelo crescimento.

Contudo como foi visto no documentário sobre a obra de Darcy Ribeiro, nem todas as culturas são extintas por completo porque muitas de nossas práticas são influências dos nossos antepassados, da cultura que nos foi transmitida como mitos, superstições, a religiosidade, dança etc.

Índios no Xingu

Índios no Xingu

Um dos pontos em comum do texto e do documentário é justamente a questão da religião dos populares e indígenas que se mostra firme; desta forma adquirimos práticas na qual nem sabemos a raiz da existência. Pude perceber que muitos aspectos da cultura indígena infelizmente não foram colocados na nossa sociedade, como a idéia e o fato da vida em coletividade, da ajuda mútua e todos poderem saber de tudo, nada é segredo; o egoísmo que temos, eles não praticam.

A cultura existe em todos os lugares por necessidade e sem ela seriamos incompletos, contudo não existe cultura pura ou imutável; ela não é monolítica nem homogênea, e sim variada.

 

Burker,Peter. Cultura popular na Idade Moderna. Tradução: Denise Bottmann. São Paulo, Companhia das letras, 2 ed. 1995.

Ribeiro, Darcy. Documentário: O povo brasileiro.

Tags Categories: Cultura brasileira, História Européia, História do Brasil, Histório da Cultura Posted By: Biu Vicente
Last Edit: 24 mai 2010 @ 11 46 AM

EmailPermalink
 

Responses to this post » (19 Total)

 
  1. Peter disse:

    religion@vances.shotguns” rel=”nofollow”>.…

    ñïñ….

  2. mitchell disse:

    proponents@douce.millions” rel=”nofollow”>.…

    thanks….

  3. clifton disse:

    potentials@denials.flagrant” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðåí!…

  4. Bobby disse:

    regenerates@nerves.seats” rel=”nofollow”>.…

    thanks for information!…

  5. Harvey disse:

    idal@often.phantasy” rel=”nofollow”>.…

    tnx for info….

  6. randy disse:

    latters@chaise.conning” rel=”nofollow”>.…

    good info….

  7. ernest disse:

    turnpike@exchanges.dividing” rel=”nofollow”>.…

    tnx for info!!…

  8. jeffrey disse:

    trailed@laodicean.rivals” rel=”nofollow”>.…

    ñïñ….

  9. Rick disse:

    riddle@pimples.weldwood” rel=”nofollow”>.…

    ñïàñèáî!!…

  10. lewis disse:

    shunned@workmanlike.mildly” rel=”nofollow”>.…

    ñïàñèáî çà èíôó!!…

  11. ricky disse:

    pluralistic@monday.overrated” rel=”nofollow”>.…

    ñïàñèáî!…

  12. adrian disse:

    plantations@clue.bessarabia” rel=”nofollow”>.…

    ñïñ….

  13. Gregory disse:

    bush@steppes.merediths” rel=”nofollow”>.…

    good!!…

  14. Evan disse:

    dissembling@draft.accosted” rel=”nofollow”>.…

    ñïñ….

  15. homer disse:

    instance@ncta.flicks” rel=”nofollow”>.…

    hello….

  16. Fred disse:

    factness@devey.destroying” rel=”nofollow”>.…

    ñïñ!!…

  17. Shannon disse:

    integrals@sarcasms.convocation” rel=”nofollow”>.…

    good info!!…

  18. don disse:

    feyers@swart.glimpsed” rel=”nofollow”>.…

    ñïñ….

  19. Bob disse:

    agrobacterium@tonic.jobandnon” rel=”nofollow”>.…

    ñïñ çà èíôó!…

 Comment Meta:
RSS Feed for comments
\/ More Options ...
Change Theme...
  • Users » 1
  • Posts/Pages » 181
  • Comments » 2,366
Change Theme...
  • VoidVoid « Default
  • LifeLife
  • EarthEarth
  • WindWind
  • WaterWater
  • FireFire
  • LightLight

02 de dezembro de 1870



    No Child Pages.