Posts Tagged ‘Políticas públicas’

Eita natal confuso!!!

sábado, dezembro 17th, 2011

Coisas estranhas andam a acontecer ao nosso redor, e temos dificuldade de entender tantas informações, transformá-las em conhecimento e nos ajudar a compreender nosso lugar no mundo. Recebo email informando que uma das experiências mais bem sucedidas no combate à miséria, ao sofrimento das pessoas que vivem no Semi-parido nordestino, capitaneado por uma entidade que recebeu láurea do então presidente Lula, foi informada de que seus convênios com o governo federal foram cancelados pela atual administração. A ASA tem promovido a utilização de cisternas nas casas para que as populações possam superar os períodos de estiagem. Pouco investimento, bons resultados. Mas a ASA é uma entidade da sociedade que não está conseguindo conviver com o “centralismo democrático”, como está dito em um email que convida a todos a uma mea culpa por estar tão ligado aos governos. Outro email diz que “Temos que ter a coragem de ser o que sempre fomos: movimentos sociais autônomos (sic) frente a governos.” Esses recados chegam quando nos informam que a atual presidente tem uma aprovação estupenda, maior que a do seu mentor.

Como entender tudo isso? Um dos jornais de Pernambuco, na página 9, de tão laudatário que tem sido, chega a confundir a palavra “luta” pela palavra “lula” na principal manchete do caderno dito de “política”. Claro que o revisor jamais iria a pagar a primeira palavra da manchete, retirando o nome do ex-presidente em uma matéria que não tem nada a ver com ele. É o jeito que a boca toma com o uso constante do cachimbo.

Mas é bom saber que nós estamos melhores e mais animados. Precisamos melhorar muito, especialmente nos quesitos educação, educação política, além da segurança, saúde, saneamento. Claro que precisamos construir Comissões da verdade para sabermos o máximo do que ocorreu e ocorre nos bastidores da política, das relações que permitem aumentos salariais absurdos para deputados e funcionários do legislativo, enquanto se míngua as verbas para os setores fundamentais para a melhoria do povo.

Nesta semana costumava celebrar o nascimento de Jesus, continuamos a fazê-lo, embora mais estejamos mais preocupados em fazer compras. Somos cada vez mais burgueses, mais capitalistas embora continuemos com fraseados socialistas que servem para enganar nossa consciência. Assim, desejo a todos, além de boas compras, um feliz natal. Ou como se dizia antigamente: Paz na terra aos homens de Boa Vontade.