Posts Tagged ‘Papa Francisco’

O tempo é de páscoa

terça-feira, março 26th, 2013

 

Uma semana passada sob o pontificado de Francisco, e assistimos demonstrações de amizade, paternidade, simplicidade e humildade. O tempo da Quaresma foi de reflexão para os líderes da Igreja Católica Romana que, segundo a fé seguida, assistidos pelo Espírito Santo, escolheram o novo papa de maneira a surpresar a todos. Uma promessa de mudança na Cúria, uma reorganização nos discatérios e, como não poderia deixar de ser, uma expectativa que os católicos se tornem mais atuantes neste mundo. Afinal, a nova liderança da Igreja está a dizer isso: superar o formalismo religioso, agir devotadamente todos os dias, apresentar-se de tal maneira que digam: “olha como eles são diferentes!”. É notório que o Papa Francisco está apontando para o caminho da metanóia. Vejamos como os católicos virão a mudar seu comportamento diante de uma mundo ávido por relativismos que levam ao laxismo. E o laxismo é o que Francisco está propondo a ser superado.

Neste início da Semana Santa, a festa de inauguração de uma adutora no Sertão de Pernambuco foi o momento inicial do confronto de dois candidatos ao presidência do Brasil em eleição que será realizada em 2014. Mesmo antes do início do período que as leis permitem para a realização de comícios, tanto a presidente do Brasil quanto o governador de Pernambuco estão em campanha. As leis pouco valem quando se deseja conquistar votos. E para garantir os votos dos desalojados pelas chuvas que caíram em Petrópolis e em outras cidade da Serra Fluminense, a presidente saiu apressadamente do Sertão castigado pela seca, faz dois anos. No palanque, a presidente repetiu o chavão de que Pernambuco e o Brasil devem tudo aos governos de seu predecessor e o seu. O governador de Pernambuco, por seu turno, lembrou que antes desses governos ocorreu a estabilização econômica, o controle da inflação, o Brasil e o mundo. Em busca dos votos dos desamparados das políticas de prevenção às catástrofes, seca e chuva – que poderiam ter sido amenizadas se houvesse governos com ideias de planejamento e visão de futuro mais largo que a manutenção do poder.

O Caminho da humanidade é sem pautas retilíneas, viver é estar atento às curvas, aos pequenos desvios nas estradas criadas pelos anos de vida, individual e coletiva. O que é certo, ainda que para a maioria pode estar, efetivamente errado, pois a verdade não é uma questão numérica. É, talvez, uma questão de conhecimento e revelação. e isso toma tempo.

A todos os que visitam esse espaço, desejo uma Feliz Páscoa.

 

PS. caso deseja ofertar um presente a algum amigo, tem a segunda edição do Estrela de Ouro, a saga de uma tradição. para adquiri-lo click neste endereço http://associacaoreviva.org.br/site/archives/121